Homem atacado por capivara no Lago Paranoá se recupera em casa: 'A injeção que levei está doendo mais que a mordida', diz

Marinheiro, de 52 anos, foi mordido no ombro e nas costas enquanto nadava. Ele foi levado para hospital e tomou doses das vacinas contra tétano e raiva; veja vídeo

  • Clícia Sousa
  • Marília Marques e Danielle Sarmento - G1 DF e TV Globo
  • Brasil
SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR Os comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei ou que não contenha identificação não serão publicados.
Campos obrigatório estão marcados com *